Site ajuda planejar e evitar as compras por impulso

Se você é um comprador por impulso, saiba que não está sozinho, mais da metade da população brasileira (52%) já realizaram uma compra por impulso, é o que revela uma pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Site oferece dicas para quem deseja praticar compras consciente

As compras por impulso podem ser classificadas como baixa, média e alta, quando o vicio em compras pode afetar a vida do consumidor, provocando endividamentos e complicações psicológicas, por isso é preciso ficar atento em suas rotinas de compras para saber se é um comprador compulsivo ou não.

Os motivos que levam uma pessoa a comprar por impulso podem ser diversos, em alguns casos é uma fuga para as frustrações diária, falta de planejamento e desatenção quando entra em uma loja, isso mesmo, quando um lojistas coloca um produto em demonstração, ele tema finalidade de chamar a atenção e induzir uma pessoa a fazer compras desnecessárias.

Segundo José Vignoli, educador financeiro do portal Meu Bolso FelizÀs vezes parece imperceptível, mas fatores psicológicos, subjetivos e emocionais exercem muita influência nas decisões financeiras. Por uma questão de status, algumas pessoas compram desmesuradamente apenas para impressionar a família, os amigos e até mesmo o vendedor da loja, para alimentar a autoestima. Sem planejamento, essas pessoas adquirem produtos supérfluos e acabam se endividando excessivamente

Um exemplo é quando uma pessoa dirige-se até um posto de combustível para abastecer, certamente a única coisa em mente é colocar gasolina em seu veiculo, mas ao chegar no caixa do posto para fazer suas compras, tem uma dezena de produtos dispostos, e quando a pessoa percebe ela sai dali com chocolates, refrigerantes, revistas etc.

A tática dá muito certa, tanto que os produtos mais vendidos em uma compra por impulso são: roupas (29%), calçados (19%), eletrônicos e celulares (18%) e perfumes/cosméticos (12%). Para a maioria dessas compras, os consumidores nem chegam a usar os produtos, os deixando encostados ou presenteando alguém.

Como Planejar Suas Compras

Se você se identificou com alguma situação apresentada até aqui, o Promoo, preparou algumas dicas para planejar as suas compras:

Uma das principais consequências dos compradores compulsivos, é o acúmulo de dividas, muitas vezes eles não planejam suas compras, não soma o valor já gasto em cheques especiais, cartões de credito e limite do banco, como consequência acabam adquirindo uma enorme divida.

Antes de fazer suas próximas compras, faça uma auditoria em sua vida financeira, some todas suas dividas, gastos mensais, incluindo supermercado, passeios, cursos, gastos com automóveis, roupas, reforma da casa, enfim tudo o que for gasto.

Com sua auditoria em mãos, é hora de começar a analisar onde estão os maiores gastos e cortar o que não é necessário, se precisar negocie suas dividas e evite usar cartões de credito e limite do cheque especial. Dados do SPC: 38% das pessoas inadimplentes estão com dívidas em cartões de crédito ou cartões de loja. Outros 19% estão dependurados em cheques pré-datados ou carnês de loja.

Não gaste mais do que 60% do seu orçamento mensal, se possível reserva uma parte do seu salário para fazer uma poupança, algumas compras podem ser adiadas por alguns meses e comprar o produto a vista com os valores economizados na poupança.

Faça uma lista de compras antes de sair de casa, estudos revelam que pessoas que planejam com antecedências suas compras correm menos riscos de endividar e comprar por impulso.

Destaque Site ajuda planejar e evitar as compras por impulso

Se você é um comprador por impulso, saiba que não está sozinho, mais da metade da população brasileira (52%) já realizaram uma compra por impulso, é o que revela uma pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Site oferece dicas para quem deseja praticar compras consciente As compras por impulso podem ser … … Continuar lendo