Saiba quais lojas têm Crediário Próprio: compras parceladas no carnê

Já ouviu falar em crediário próprio? Entenda porque as lojas estão voltando a oferecer essa modalidade de parcelamento no tradicional carnê, bem como, via crediário próprio online. Então, descubra algumas lojas que oferecem essa opção!

Lojas que vendem no carnê: crediário próprio

Com parcelas fixas e juros mais acessíveis, o uso do carnê, possibilita compras parceladas em itens como, celulares, eletrodomésticos, roupas, calçados, móveis, e muito mais.

Nos últimos anos a modalidade de compra no carnê, voltou a chamar a atenção dos consumidores. Ou seja, essa que era uma das primeiras opções a serem cogitadas em décadas passadas, e havia caído no desuso por alguns anos, voltou a ser uma boa opção, principalmente nas lojas físicas.

Como falado, o carnê está voltando cada vez mais e uma das modalidades mais interessantes no mercado é o crediário próprio. Existem algumas lojas que fazem crediário próprio online, já outras, mantém o tradicional carnê, ou adotaram o cartão de crédito.

Lojas que tem crediário próprio

Então, confira abaixo algumas lojas que vendem parcelado no carnê:

Casas Bahia

Com sete décadas de tradição e mais de 750 lojas em todo o país, a Casas Bahia é pioneira em oferecer compras parceladas via Carnê Casas Bahia. Atualmente também oferece uma modalidade de crediário online para compra em seu e-commerce, via aplicativo Banqi.

Magazine Luiza

Dona de uma das maiores plataformas de compras do país, com mais de mil lojas, um e-commerce e o app Magalu, essa é uma varejista conhecida por oferecer crediário próprio. Já, com o app Magalu Carnê Digital, é possível ter acesso à segunda via das faturas, renegociar dívidas, bem como, acompanhar os valores em aberto. Saiba mais sobre o Carnê Magazine Luiza.

Lojas Colombo

Popular rede de lojas do sul do país, a Colombo atua no segmento de móveis, eletrônicos e eletrodomésticos. Já, com o Crediário Colombo, é possível parcelar as compras em até 24 parcelas fixas.

Lojas CEM

A empresa com mais de 70 anos de tradição, sendo atualmente uma das maiores redes de varejo do país, a Lojas CEM, também é conhecida pelo seu popular crediário. Com foco na satisfação e experiência de compras, o Carnê Lojas CEM é feito direto com o vendedor e aprovado na loja, sem burocracia.

Marabraz

A Marabraz é uma rede de lojas de varejo especialista em móveis e decoração, que atua no Estado de São Paulo. Itens como guarda-roupas, cômodas, cozinha modular, mesas, rack, colchões, cama de casal entre outros podem ser parcelados via Crediário Marabraz.

Pernambucanas

Centenária loja com mais de 112 anos de tradição no varejo, atualmente está presente em mais de 300 cidades, por meio de suas mais de 400 lojas, que oferecem artigos de decoração, moda, utilidades domésticas, cama, mesa e banho. Com o Crediário Pernambucanas é possível parcelar as compras em até 24 vezes, tanto no carnê, quanto no cartão de crédito.

Além dessas lojas, confira também como abrir um crediário em lojas como: Lojas Americanas; RennerCaeduBerlandaCybelarLojas TorraLojas Gazin e Ricardo Eletro.

O que precisa para fazer compras no carnê?

Para fazer compras parceladas em lojas como: Ponto Frio, Lojas CEM, Colombo, Casas Bahia, Magazine Luiza, bem como, em  qualquer uma das lojas não citada neste artigo, na maioria das vezes é solicitado alguns documentos, como os enumerados abaixo:

  • Um documento de identidade (Pode ser RG, CNH, passaporte ou carteira funcional);
    CPF (Cadastro da Pessoa Física);
  • Dois telefones de contato (para referência);
  • Comprovante de endereço (qualquer conta de consumo do endereço que você mora);
  • Comprovante de renda (holerite, extrato bancário, carteira de trabalho, etc, o que houver – se você não tem como comprovar renda apresenta fatura de outros cartões, extratos bancários, etc).

O que as lojas consultam para abrir crediário?

Pode ser que uma ou outra loja apresente alguma particularidade, mas, em geral, são esses os requisitos. Fora isso, as lojas também costumam liberar essa modalidade para trabalhadores autônomos, assalariados e profissionais liberais. No caso de donas de casa, também é possível abrir um carnê com a renda do parceiro, por exemplo.

Fora isso, as lojas costumam oferecer alguns benefícios para quem opta pelas compras no carnê. Ou seja, por exemplo, é possível fazer parcelamentos de até 24 vezes de valor fixo, fazer compras na loja física e online e você ainda ganha 50% de desconto no ingresso do Cinemark.

Quem tem nome sujo pode comprar no carnê?

Quem está com o nome negativado em serviços como SERASA e SPC, podem encontrar dificuldade em obter crédito. Mas, isso, não quer dizer que seja impossível, basta uma pesquisa mais apurada para encontrar quais lojas vendem no crediário com nome sujo.

O sucesso do crediário e da compra parcelada no mercado brasileiro

O sucesso do crediário e da compra parcelada no mercado brasileiro – Imagem: Pixabay

Existem também algumas práticas que facilitam a liberação do seu crediário próprio, afinal, assim como um cartão de crédito, o crediário também realiza uma consulta de crédito para saber com qual valor aquela pessoa consegue de fato aguentar.

Se você já tiver um carnê quitado, da loja ou da concorrência, pode levar para apresentar no setor de crediário, pois isso facilita a análise e liberação do crédito. Além disso, para a abertura é preciso que você indique o produto que quer comprar, pois, a proposta de abertura e análise de crédito será feita a partir do valor da mercadoria que deseja (pode ser mais de um produto).

A volta do crediário como opção de compras parceladas

Quer entender o porquê o popular carnê está voltando, entender sobre esse sistema de crédito. Bem como, saber quais são as 10 lojas que oferecem essa modalidade?

O crediário, por ser uma opção de risco por conta de juros incluídos nas parcelas, o risco de sobrecarga financeira no consumidor e a dívida feita por longos anos, acabou caindo em desuso por um bom tempo.

Porém, de alguns anos para cá essa opção começou a ganhar força novamente e se destacar no mercado. Isso porque, em um cenário de inflação e desemprego, a compra no carnê tem surgido como alternativa para quem necessita de crédito.

Com isso, voltou a ter destaque nas compras parceladas por conta dos benefícios que ele apresenta, tais como juros menores e parcelamentos mais longos. Sendo assim, a população está voltando a se acostumar com a ideia de parcelar suas compras via carnê. Inclusive, embora muitos ainda duvidam, o crédito próprio pode ser a opção mais interessante para cliente e empresa.

Nessa modalidade, você usa os recursos da própria loja para financiar as compras dos consumidores e, caso atrase uma prestação, os juros e multa entram para o seu caixa, fazendo com que um pequeno atraso no pagamento não prejudique as finanças da loja.

Não é porque o carnê está voltando a ter forças que você sair acumulando carnês em tudo quanto é loja. Sendo assim, agora mais do que nunca, controle seus gastos, escolha a loja certa para fazer o seu crediário pessoal e tenha um plano prévio sabendo que poderá estar envolvido em uma parcela por um bom período de tempo.

Deixe um comentário

Estamos felizes por você ter deixado um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.